Uma reflexão para o Ano Novo de 2013

http://everypersoninnewyork.blogspot.com.br/2012_04_01_archive.html - Acesso em 27 de dezembro de 2012


A vida é movimento, então escolhi esta imagem para ilustrar uma historinha que eu gosto muito e gostaria de compartilhar.

Feliz Ano Novo!!

Autobiografia em cinco capítulos curtos

1
Caminho pela rua.
Há um buraco fundo na calçada.
Eu caio dentro dele.
Estou perdido... Estou indefeso
Não é minha culpa.
É preciso a eternidade para conseguir sair.

2
Caminho pela mesma rua.
Há um buraco fundo na calçada.
Finjo que não o vejo.
Caio dentro dele de novo.
Não consigo acreditar que estou neste mesmo lugar.
Ainda é preciso um longo tempo para conseguir sair.

3
Caminho pela mesma rua.
Há um buraco fundo na calçada.
Eu vejo que ele está lá.
Ainda caio dentro dele... é um hábito... mas,
meus olhos estão abertos.
Eu sei onde estou.
É minha culpa.
Saio imediatamente.

4
Caminho pela mesma rua.
Há um buraco fundo na calçada.
Dou a volta ao redor dele.

5
Caminho por outra rua.

Autor anônino APUD HOLLIS, James; DUARTE, Claudia Gerpe (Tradução) A passagem do meio: da miséria ao significado da meia-idade. São Paulo, Paulus, 1995. p.134 (Amor e psique)


Comentários

  1. Respostas
    1. Querida Angela, obrigada por comentar. É verdade, algumas escolhas são bem inconscientes, não é mesmo? A propósito, adorei A passagem do meio, do James Hollis, foi um livro que me ajudou muito quando entrei na casa dos 40.
      Um beijo!

      Excluir

Postar um comentário