Cuidado com a pneumonia!

http://www.123rf.com/clipart-vector/sick.html - Acesso em 28 de agosto de 2013

Olá, caros leitores, espero que todos estejam bem.

Pois é, hoje fui ao médico por causa de uma tosse incontrolável e chata e depois de inalações e chapa de raio X nos pulmões recebi a notícia chocante: estou com pneumonia. Nestes 43 anos de vida esta é a primeira vez que isso me acontece. Tratamento: antibiótico, antialérgico (afinal, trabalho numa biblioteca pública, é inevitável que haja pó) e outros remedinhos para tomar via inalação. 


Bom, para previni-los, deixo uma postagem do Doutor Drauzio Varella falando a respeito da pneumonia, afinal, ainda falta quase um mês para o inverno acabar.


http://drauziovarella.com.br/letras/p/pneumonia/ - Acesso em 28 de agosto de 2013


Pneumonias são infecções que se instalam nos pulmões, órgãos duplos localizados um de cada lado da caixa torácica. Podem acometer a região dos alvéolos pulmonares onde desembocam as ramificações terminais dos brônquios e, às vezes, os interstícios (espaço entre um alvéolo e outro).
Basicamente, pneumonias são provocadas pela penetração de um agente infeccioso ou irritante (bactérias, vírus, fungos e por reações alérgicas) no espaço alveolar, onde ocorre a troca gasosa. Esse local deve estar sempre muito limpo, livre de substâncias que possam impedir o contato do ar com o sangue.
Diferentes do vírus da gripe, que é altamente infectante, os agentes infecciosos da pneumonia não costumam ser transmitidos facilmente.
Sintomas
* Febre alta;
* Tosse;
* Dor no tórax;
* Alterações da pressão arterial;
* Confusão mental;
* Mal-estar generalizado;
* Falta de ar;
* Secreção de muco purulento de cor amarelada ou esverdeada;
* Toxemia;
* Prostração.
Fatores de risco
* Fumo: provoca reação inflamatória que facilita a penetração de agentes infecciosos;
* Álcool: interfere no sistema imunológico e na capacidade de defesa do aparelho respiratório;
* Ar-condicionado: deixa o ar muito seco, facilitando a infecção por vírus e bactérias;
* Resfriados mal cuidados;
* Mudanças bruscas de temperatura.
Diagnóstico
Exame clínico, auscultação dos pulmões e radiografias de tórax são recursos essenciais para o diagnóstico das pneumonias.
Tratamento
O tratamento das pneumonias requer o uso de antibióticos e a melhora costuma ocorrer em três ou quatro dias. A internação hospitalar pode fazer-se necessária quando a pessoa é idosa, tem febre alta ou apresenta alterações clínicas decorrentes da própria pneumonia, tais como: comprometimento da função dos rins e da pressão arterial, dificuldade respiratória caracterizada pela baixa oxigenação do sangue porque o alvéolo está cheio de secreção e não funciona para a troca de gases.
Recomendações
* Não fume e não beba exageradamente;
* Observe as instruções do fabricante para a manutenção do ar-condicionado em condições adequadas;
* Não se exponha a mudanças bruscas de temperatura;
* Procure atendimento médico para diagnóstico precoce de pneumonia, para diminuir a probabilidade de complicações.

Comentários

  1. Indeed Sheila, no fun at all.
    Thanks a lot for stopping here and writing.
    It encourage me a lot!

    ResponderExcluir
  2. É isso mesmo : cuide-se bem, tenha cuidado, porque a pneumonia não é uma doença simples.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Antonio, obrigada por escrever. De fato, a pneumonia é
      avassaladora e os remédios para contê-la também são. Agora estou melhor, mas passei por uma semana difícil. Mais uma vez, obrigada por escrever!

      Excluir
  3. oi Hatsumi! melhoras ai pra vc!! se cuide! adorei seu blog!! bjao prima!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Bia obrigada por escrever!
      Graças ao bom Deus, aos muitos remédios e aos dias de repouso estou bem melhor, mas semana passada foi difícil. Ainda bem que estou melhorando. Que bom que você gostou do meu cantinho na NET, é aqui que eu guardo as coisas bonitas do meu dia a dia. Beijão e sucesso para vocÊ!!

      Excluir

Postar um comentário