Roda de Leitura de outubro de 2014: Preciosa, de Sapphire



Registro aqui os encontros (hoje só temos foto do encontro que ocorreu no Espaço Novo Mundo) para a discussão do livro Preciosa, da autora norteamericana Sapphire. Em ambos os encontros a manifestação dos leitores foi que o livro era bastante forte, no sentido de evocar muito sofrimento. Pedi aos participantes que me dissessem o que mais lhes chamou a atenção e as respostas foram as seguintes:
  • A protagonista era muito forte, pois suportou anos de abusos verbais e sexuais de ambos os pais
  • A indiferença dos professores do sistema oficial de ensino, que deixaram uma adolescente de 16 anos permanecer por mais de uma década na escola sem aprender a ler ou escrever. Quaisquer semelhanças com o sistema de ensino brasileiro é mera coincidência
  • A omissão e a conivência da mãe, que permitiu por anos que o pai violentasse e engravidasse sua própria filhaduas vezes e ainda a culpou por isso. Chegamos a conclusão de que a própria mãe, Mary, poderia ter um passado de aliciamento que fez com que ela aceitasse uma situação que para muitos leitores é inaceitável
  • A visão da adolescente, Claireece Precious, de que a escola alternativa e a possibilidade de alfabetização eram importantes, aliás eram uma forma de escapar da realidade familiar então vivida
  • Algo que chamou a atenção de uma das leitoras (e que a chocou) foi o conselho da professora Blue Rain para que Precious abdicasse do filho Abdul para que ela voltasse a estudar. Felizmente isso não foi necessário, primeiro porque Precious não quis dar seu filho para a adoção, preferindo cuidar dele, e segundo porque, com a ajuda da professora e das amigas da escola alternativa, ela conseguiu abrigo no mesmo bairro e pôde voltar a estudar
  • Todas as alunas da escola alternativa Cada um ensina a um tem um passado de violência familiar e sexual e todas tiveram uma empatia muito grande para oferecer a Precious
  • O romance, baseado em fatos reais, tem um final aberto, pois não sabemos o que acontece no final com todos os personagens
  • O que chama a atenção no livro da vida das alunas, que é um apêndice do livro, é que todas as alunas, exceto Precious, escrevem sobre seu passado. Precious é a única que escreve sobre sua vida presente e sua expectativa em relação ao futuro.
  • Particularmente senti que, mesmo sendo um livro que descreve um sofrimento tão grande, este romance oferece uma esperança de que, mesmo enfrentando tanta dor e injustiça há a possibilidade de encontrar grupos de apoio que ajudam as personagens, principalmente a protagonista a conviver com suas tragédias e seguir em frente

Comentários