Oficinas informais de encadernação

Oficina 1: Brochura com costura oito
No último domingo (17 de fevereiro), fiz uma mini-oficina de encadernação com os pré-adolescentes para quem leciono estudos bíblicos na escola dominical da igreja onde congrego. Fizemos uma brochura simples, com costura oito. Bom, para mim parecia ser bem simples, até que vi as dificuldades que as crianças tiveram em furar o bloco de 10 folhas de sulfite com uma agulha de costura. No fim, vários precisaram furar de duas em duas folhas. O fato é que todos conseguimos confeccionar os cadernos. Até conseguimos ler as escrituras de Gênesis que falam da família de Jacó!!
Pedi às crianças que sempre tragam o caderno por elas confeccionado para que possamos juntar todas as aulas de um mesmo ciclo. Por exemplo, entramos na unidade José e seus irmãos. Quando começarmos a falar de Moisés e o Pessach, faremos outro e assim por diante.

Oficina 2: Livro em branco copta
Estas duas adoráveis jovens são a La e a Lu. Desde domingo já tinha conversado com a Lu dizendo-lhe que faríamos um estudo bíblico. Na 2a.feira a noite, conversando com a La, descubro que ela precisa de um caderno de artista para seu curso de sábado. Decidimos que faríamos juntas o caderno antes do estudo bíblico com a Lu. Entretanto, no dia marcado, a La chega depois da Lu. Deixei a La dobrando as folhas de sulfite e fomos fazer o estudo com a Lu chamado A vida de um discípulo, que mostra o que Jesus espera de seus seguidores. A Lu, muito perspicaz, perguntou, no decorrer do estudo: o que diferencia um discípulo de Jesus de um frequentador de igreja? Com a ajuda de Mateus 23 e Mateus 25, respondemos a ela: a vida durante a semana: a cosmovisão, as decisões e as atitudes práticas.


Terminado o estudo bíblico com a Lu, corri para terminar o caderno da La. Ensinei-lhe a medir e a cortar as capas de papelão, respeitando as seixas de 3 milímetros em cima, em baixo e do lado, a fazer a colagem do revestimento em tecido e da folha de guarda. Como já estava ficando um pouco tarde, acabei eu mesma fazendo a costura, com as meninas observando como se faz. Expliquei-lhes que em em condições normais de temperatura e pressão, fazemos a capa em dia separado, para deixá-la secar, mas que não haveria tempo para isso.
O caderno ficou bom, levando-se em conta o tempo exíguo para fazê-lo.
Em suma, foi uma noite duplamente bem aproveitada.



Dados técnicos:
Miolo: papel sulfite branco com gramatura de 75 g/m2, entreblocos de papel colorplus
Capa: Papelão palha 2mm, revestido com tricoline 100% algodão
Linha: Cordonê encerado no.4

Comentários